12 – Encontros dos não Casados, mas por Deus amados

0
50

Paróquia Nossa Senhora Mãe da Divina Providência
Setor VI – Ceilândia
Padre Francisco Lopes de Sousa

Esse Encontro, realizado anualmente desde 1997, destina-se aos casais que podem regularizar sua vida matrimonial. No início do ano, anuncia-se na comunidade a abertura das inscrições, que podem ser feitas na Secretaria da Paróquia ou com os casais da Pastoral Familiar.

Em março, alguns casais da comunidade, juntamente à Pastoral Familiar, são convidados a visitar todos os casais que fizeram inscrição, confirmando a presença deles no Encontro e ao mesmo tempo fazendo uma pesquisa quanto ao tempo que moram juntos, quantos filhos têm, idade dos filhos, se são batizados, se todos na família fizeram Primeira Eucaristia e Crisma. Aqueles que não possuem os sacramentos ou parte deles, são apresentados, no Encontro, às pastorais responsáveis por cada sacramento para dar início à preparação.

O Encontro é feito com a participação de vinte cinco até trinta casais, durante um sábado e um domingo. Sábado inicia-se às 18 horas com a Santa Missa e apresentação de todos à comunidade, em seguida no salão paroquial é feita a 1ª palestra com o tema “O sentido da vida e o acolhimento do Bom Pastor”, terminando às 22 horas. Domingo inicia-se às 7h30min, com a palestra “O Amor de Deus”, encerrando às 19 horas, com a presença de todos os familiares, acolhendo-os para uma nova caminhada.

Na etapa seguinte, os casais são divididos em círculos para melhor acompanhamento da Pastoral Familiar. Durante seis meses, em reuniões semanais ou quinzenais, a equipe usa o livro O Segredo do Sucesso Familiar, criado para esse acompanhamento, contendo temas para onze reuniões. Durante esse tempo, os casais e seus filhos são também acompanhados pelas Pastorais do Batismo, Catequese de Primeira Eucaristia e Crisma.

Os encontros iniciados em março terminam em outubro, quando são realizados os matrimônios diante da comunidade.

O Encontro visa despertar nos casais a importância dos Sacramentos na vida do casal, da família e na comunidade, frente aos desafios da sociedade nos tempos atuais.