Segunda, 28 Agosto 2017 16:28

Coordenadores diocesanos da Pastoral Familiar trocam experiências

Uma reunião ordinária das coordenações da Pastoral Familiar, do Regional Centro-Oeste da CNBB (Goiás e Distrito Federal) aconteceu na sede do regional, em Goiânia, no sábado (26) e reuniu representantes de cinco dioceses: Goiânia, Brasília, Luziânia, Anápolis e Ipameri.

Na parte da manhã, o grupo teve uma formação com o assessor padre Cleber Alves de Matos, da Diocese de Uruaçu, sobre suas experiências de preparação de noivos para o matrimônio, no período de um ano. Ele também fez comentários sobre o Projeto Pais e Mães que rezam pelos filhos, e filhos que rezam pelos pais. De acordo com ele, foi um projeto implantado em sua paróquia, na Diocese de Uruaçu, que teve bastante adesão e perseverança. No período da tarde, os coordenadores responderam ao questionário de avaliação da caminhada pastoral do regional neste ano, submetido pela Comissão Permanente de Avaliação Regional, para avaliação da caminhada da Igreja nesta porção do povo de Deus. Entre as avaliações da pastoral, está a Semana Nacional da Família, que aconteceu de 13 a 19 de agosto, em todas as dioceses.

Pastoral em saída

Outro ponto de destaque na reunião foi a discussão sobre a vivência pastoral e a necessidade de a Pastoral Familiar se tornar uma pastoral missionária. “Estamos aprofundando os estudos, cada vez mais sobre as nossas origens missionárias, de estarmos em estado permanente de missão, ou seja, indo até as famílias, promovendo visitas nas casas, sobretudo àquelas que estão com problemas e desestruturadas”, afirmou Aline da Silva, da Arquidiocese de Brasília. “É importante sairmos de dentro do templo, das igrejas e buscar as famílias que estão desamparadas do acolhimento de Deus e da pastoral familiar”, completou o esposo, Silvio Carlos.

Na Arquidiocese, a pastoral tem trabalhado nesse sentido, mas os desafios são imensos, principalmente por falta de agentes disponíveis e motivados a levarem essa missão adiante. Para superar a lacuna, a formação tem sido um investimento daquela Igreja particular. Neste ano nós já tivemos quatro formações nos setores pré e pós-matrimonial e neste segundo semestre teremos mais quatro voltados para os casos especiais. Além disso, está previsto um retiro espiritual com o bispo auxiliar, Dom Marcony Vinícius, no dia 21 de outubro. O objetivo das formações é buscar a unidade de toda a Arquidiocese para o trabalho com as famílias.

 



Serviço que se realiza na Igreja e com a Igreja, de forma organizada e planejada por meio de agentes específicos, com metodologia própria, tendo como objetivo apoiar a família a partir da realidade em que se encontra, para que possa existir e viver dignamente, estabelecer relacionamentos e formar as novas gerações conforme o plano de Deus.

Bispo referencial

Dom frei João Wilk

Coordenação: Leônidas e Maria Dóris

Contatos

Léo: (62) 99685-1139
E-mail: leomagalhaes@gmail.com

M. Dóris: 99981-3936
E-mail: doris_acm@yahoo.com.br


© 2018 CNBB Centro-Oeste - Todos os direitos reservados

Rua 93, nº 139, Setor Sul, CEP 74.083-120 - Goiânia - GO - 62 3223-1854