Segunda, 29 Agosto 2016 14:30

Padres refletem sobre a história da Igreja em Goiás no 35º Encontro Regional de Presbíteros

 

A Diocese de Goiás sediou nos dias 22 a 25 de agosto, na cidade de Goiás, o 35º Encontro Regional de Presbíteros (ERP), evento promovido pela Comissão Regional de Presbíteros do Centro-Oeste (CRP), com o tema, “Presbíteros em missão: memória no Centro-Oeste”, e lema, “No coração da Igreja serei o amor” (Santa Terezinha do Menino Jesus). Participaram 71 padres das 13 dioceses do regional.

Durante o encontro foi feito um resgate histórico dos 270 anos da presença dos padres na Igreja do Centro-Oeste, a partir de dados históricos, fotografias, textos e testemunhos. O historiador da PUC Goiás, Dr. Antônio César Caldas, fez esse resgate com elementos de uma pesquisa própria sobre o assunto. Outro estudioso, Dr. Arcângelo Scolaro, falou sobre a pastoral de Dom Tomás Balduíno à frente da Diocese de Goiás (1967-1998) e o padre Daniel Bertuzzi relatou a condução da mesma diocese pelo atual bispo, Dom Eugênio Rixen.

O coordenador da CRP, padre Mauro Francisco dos Santos, destacou que as abordagens são fundamentais para os presbíteros de hoje poderem continuar entusiasmados no compromisso de evangelizar. “Não estudamos a história da Igreja em Goiás apenas para recordar, mas para ler a realidade atual como fruto de um processo, de uma tradição e um caminho percorrido por tantos padres e hoje temos o compromisso de continuar”, disse.

Para o padre Francisco Soares, da Diocese de Anápolis, após conhecer um pouco mais as dificuldades enfrentadas pelos padres que doaram suas vidas pela Igreja em Goiás, fica como testemunho a coragem, a perseverança e o empenho evangelizador. “Apesar de tudo ter sido mais difícil em uma época em que havia escassa comunicação e meios de transporte, nos motiva a perseverança no ministério e a fidelidade desses sacerdotes à Igreja”, sublinhou.

O Encontro Regional de Presbíteros, conforme o padre Celismar Moreira de Oliveira, da Diocese de Goiás, possibilita também a renovação da fé e esperança. Ele vê o evento como um momento de troca de experiências e de ajuda mútua. “Não somos uma ilha e nas comunidades nós pregamos a fraternidade, portanto, aqui nós podemos viver isso e compartilhar alegrias, tristezas e sofrimentos”. Com relação ao tema deste ano, ele disse também ser importante porque “conhecer o passado é indispensável para viver o presente e preparar a Igreja do futuro.”.

Do encontro, o padre Márcio Celestino da Silva, da Arquidiocese de Goiânia, leva a beleza da história da Igreja no estado de Goiás, como elemento fundamental para a espiritualidade presbiteral. Ele também mencionou que a frase: ‘um padre melhor torna a comunidade também melhor’, proferida durante o encontro, o impressionou bastante. “De fato, isso é verdade e eu refleti bastante a respeito. A convivência com os padres de várias dioceses também nos ajuda muito a caminharmos unidos”.

A missa de encerramento do encontro foi presidida pelo arcebispo de Goiânia, Dom Washington Cruz, na Catedral de Santana. Em sua homilia, ele que convidou os padres a terem uma atitude de vigilância pelo encontro com o Senhor na oração, nos Sacramentos e com as pessoas nas comunidades. “Trabalhar todos os dias para o êxito final é atitude de sábio. Estar atento não significa viver com temor, menos ainda com angústia, mas com seriedade. Porque todos queremos ouvir, no final, as palavras de Jesus: ‘Muito bem servo bom e fiel, entra no gozo de teu Senhor’”, afirmou. Após a missa houve uma procissão dentro da Catedral de Santana com as relíquias de Dom Prudêncio, que foi bispo diocesano de Goiás de 1908 a 1921. “Ele foi um bispo muito querido em nossa diocese e faleceu a mais de 600 km da cidade de Goiás, no município de Posse, no norte do estado. Com a permissão do bispo de Formosa (GO), Dom José Ronaldo, nós trouxemos os restos mortais que foram sepultados definitivamente na Catedral”, explicou Dom Eugênio. Estão ainda sepultados na Catedral os restos mortais de Dom Francisco Ferreira, Dom Domingos Quirino, Dom Abel Ribeiro Camelo e Dom Tomás Balduíno.

O 36º Encontro Regional de Presbíteros vai a acontecer na Diocese de Luziânia, nos dias 29 a 31 de agosto de 2017.

Veja todas as fotos:

FLICKR

GOOGLE FOTOS

 



Comissão do Regional Centro-Oeste da CNBB, cuja missão é "cuidar dos cuidadores" na perspectiva de acompanhar os presbíteros em sua caminhada, seja ela espiritual, intelectual, humano-afetiva, entre outras. Tem como referência o próprio Cristo como Bom Pastor que acompanha suas ovelhas para que elas o acompanhem de modo integral. Seu grande objetivo é fazer com que nossos presbíteros cresçam no seguimento de Jesus Cristo.

Bispo referencial

Dom José Aparecido Gonçalves

Coordenador: Pe. Mauro Francisco dos Santos

Contatos: (62) 9392-8580
E-mail: vintte@hotmail.com
 

© 2018 CNBB Centro-Oeste - Todos os direitos reservados

Rua 93, nº 139, Setor Sul, CEP 74.083-120 - Goiânia - GO - 62 3223-1854