Segunda, 09 Dezembro 2019 19:14

Diocese de Uruaçu realiza Avaliação de Pastoral anual e escolhe prioridades pastorais para 2020

Neste ano de 2019 a Diocese de Uruaçu (GO) deveria ter realizado sua Assembleia Diocesana de Pastoral, mas, por estar sede vacante, realizou apenas a Avaliação Diocesana de Pastoral nos dias 29 e 30 de novembro. O evento aconteceu no Centro de Treinamento de Lideranças (CTL), em Uruaçu, e contou com a participação de pouco mais de 100 pessoas. Foram convocados a participar, todo o Clero, os diáconos, um representante de cada congregação religiosa presente na diocese, um representante de cada nova comunidade, um leigo de cada paróquia e santuário, os coordenadores das pastorais, movimentos, organismos e serviços presentes na diocese e um membro da Escola Diaconal São Lourenço.

Em pauta, a avaliação da caminhada de 2019 e em base às novas Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE 2019 -2023) foram feitas escolhas pastorais a partir do Plano Diocesano de Pastoral (PDP).

Foi um momento significativo da Igreja Diocesana em que os participantes puderam discutir, apresentar sua caminhada pastoral e apontar horizontes para o crescimento da ação pastoral da diocese. O administrador diocesano, padre Francisco Agamenilton, em sua exposição sobre as DGAE e o Plano Diocesano de Pastoral (2015-2019) destacou que o desafio da Igreja é “tirar coisas novas daquilo que sempre tivemos, que é Jesus Cristo”. Isso pode ser feito por meio da valorização das pequenas comunidades missionárias, um dos pontos-chaves das novas diretrizes da ação evangelizadora.

Padre Agamenilton também salientou que as comunidades eclesiais missionárias são o referencial da Igreja, por isso é preciso investir trabalho nessa dimensão. “Precisamos constituir comunidades missionárias, isto é, criá-las e onde já existem, trabalhar para que se tornem missionárias”, pontuou. Ele ressaltou que o foco das novas DGAE “não são os pilares, mas sim o elemento casa, que é o lugar de encontro, de ternura, de solidariedade, é o lugar da família”.

Operar pastoral
As ações pastorais, conforme o administrador diocesano, devem valorizar a participação das pessoas. Isso quer dizer não tratar o povo de Deus como massa e considerar a pessoa na sua totalidade. Eis, portanto, o desafio da pluralidade e do acolhimento. Ele também apontou que a Diocese de Uruaçu precisa crescer em caridade. “A caridade leva à defesa da vida desde a concepção até a morte natural. Esse ponto contempla também a natureza”.

A diocese também assumiu compromissos junto ao Regional Centro-Oeste da CNBB.

Leia a matéria completa no site da diocese. Clique aqui



www.diocesedeuruacu.com.br

BISPO 

Sede Vacante

Admin. Diocesano: Pe. Francisco Agamenilton Damascena

(62) 3357-1230
dioceseuruacu@hotmail.com
Res. Rua Benedito Almeida Campos,
nº 21, Centro, CEP.76.400-000, Caixa Postal   32/76400-000, Uruaçu – GO


MUNICÍPIOS: Alto Horizonte, Amaralina, Barro Alto, Campinaçu, Campinorte, Campos Verdes, Estrela do Norte, Formoso, Goianésia, Guarinos, Hidrolina, Itapaci, Mara Rosa, Minaçu, Montividiu do Norte, Niquelândia, Nova Iguaçu de Goiás, Pilar de Goiás, Rialma, Rianápolis, Santa Isabel, Santa Rita do Novo Destino, Santa Tereza de Goiás, Santa Terezinha de Goiás, São Luís do Norte, Trombas, Uruaçu.    

 

 

© 2020 CNBB Centro-Oeste - Todos os direitos reservados

Rua 93, nº 139, Setor Sul, CEP 74.083-120 - Goiânia - GO - 62 3223-1854