Segunda, 12 Março 2018 19:18

Diocese de Luziânia articula vivência do Ano do Laicato 2018

O Conselho Pastoral Diocesano (CPD) de Luziânia se reuniu no dia 3 de março, com a presença de coordenadores e representantes de pastorais, organismos e movimentos. Esta é a primeira vez que a reunião é realizada. Até então, as deliberações da diocese não eram realizadas por um número reduzido de membros. O objetivo é ampliar as ações do CPD.

Neste primeiro encontro, a pauta tratou de vários assuntos, inclusive foi proposta uma formação introdutória sobre o Ano Nacional do Laicato, que tem como tema “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na Igreja em saída, a serviço do Reino”, e como lema, “Sal da Terra e Luz do Mundo” (Mt 5,13-14).

Foi apresentado também durante o encontro, as propostas de atividades para este ano temático, como a Semana Missionária “Igreja em saída”, que conta com sugestão de roteiro definido no Seminário Nacional da Semana Missionária, que ocorreu em Brasília, no mês de fevereiro. A coordenadora do Conselho Missionário Regional (Comire), Luciana Santas, esteve presente no encontro do CPD em Luziânia e apresentou os principais tópicos que envolvem a temática sobre os cristãos leigos. Houve destaque para o objetivo geral que provoca os leigos a repensarem seu apostolado.

Os participantes também foram provocados sobre a necessidade de se organizar seminários para o estudo do Documento 105 da CNBB, “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na sociedade – Sal da Terra e Luz do Mundo” (Mt 5, 13-14). Houve motivações também para a necessidade e importância de os cristãos leigos vivenciarem as propostas de atividades para o Ano do Laicato, aproveitando a vivência cotidiana nas paróquias e comunidades, para que haja sentido nas iniciativas. “De quem maneira?”; “Como podemos articular esse tema na Diocese de Luziânia?”; “Temos de fato assumido nossa condição como sujeitos eclesiais?”, foram alguns dos questionamentos que surgiram.

Por fim, o bispo diocesano, Dom Waldemar Passini Dalbello, reforçou a necessidade de aprofundar o estudo para uma melhor articulação e sugeriu a leitura da Constituição Dogmática Lumen Gentium (Luz dos Povos), sobre a Igreja “Sendo Cristo a luz dos povos, este Sagrado Concílio, congregado no Espírito Santo, deseja ardentemente que a luz de Cristo, refletida na face da Igreja ilumine todos os homens, anunciando o Evangelho a toda criatura” (LG 1). E ao concluir, reforçou que agora é preciso pensar com calma para decidir como esse tempo especial será vivido na diocese.

Fonte: Comire Regional Centro-Oeste

 



www.diocesedeluziania.com.br

 

BISPO DIOCESANO

Dom Waldemar Passni Dalbello

BISPO EMÉRITO

Dom Afonso Fioreze

(61) 3621-2022 
mitradiocesanaluziania@yahoo.com.br
Res. Av. Claro Carneiro Mendonça, 199, Parque JK, 72.800-000 – Luziânia – GO

MUNICÍPIOS: Águas Lindas de Goiás, Cidade Ocidental, Cristalina, Luziânia, Mimoso de Goiás, Novo Gama, Padre Bernardo, Santo Antônio do Descoberto, Valparaíso de Goiás.

© 2018 CNBB Centro-Oeste - Todos os direitos reservados

Rua 93, nº 139, Setor Sul, CEP 74.083-120 - Goiânia - GO - 62 3223-1854