Terça, 14 Março 2017 12:09

Dom João Wilk exorta profissionais cristãos a serem sal da terra e luz do mundo

O bispo diocesano de Anápolis, Dom João Wilk, esteve presente no 1º Fórum de Profissionais Cristãos, nos dias 11 e 12 de março, no Auditório do Colégio Auxilium, em Anápolis, onde fez direcionamentos para os profissionais e seminaristas presentes. O bispo falou do papel do leigo na sociedade. Além de pontuar assuntos importantes da atualidade, como a insistência de alguns setores da sociedade na aprovação do aborto, a distância entre ricos e pobres, a crise política e a ideologia de gênero, que tem sido um forte instrumento de ataques à família.

O primeiro ponto colocado é que a Igreja precisa e tem se esforçado para formar pastores que tenham segurança nos ensinamentos da Igreja e que possam guiar os leigos de maneira segura. Na sociedade, enfatizou que o leigo tem papel fundamental, “ser sal da terra e luz no mundo”. O cristão é chamado a fazer diferença, disseminando valores éticos e sociais, que correspondam com o Evangelho, ordenar as coisas segundo a visão de Deus.

Mentalidade

O bispo ainda citou e recomendou a leitura de sua Carta Pastoral “Gaude, Mater Eccleisa – Alegra-te, Ó Mãe Igreja!”, redigida em comemoração ao Jubileu de Ouro da diocese, que exorta para a necessidade de trabalhar como se tudo dependesse do Espírito Santo e como se tudo dependesse de cada cristão, sempre com a humildade de entender que “sem mim nada podeis fazer” (Jo 15, 5b) e que é preciso estar atento para a mentalidade mundana dentro da vida dos cristãos, um dualismo entre a fé professada e a mentalidade que se vive na prática.

Também refletiu sobre o relacionamento entre ricos e pobres. Jesus, mesmo sendo Deus se tornou pobre e é íntimo destes. Esclareceu ainda que não é pecado ou errado ser rico, desde que a pessoa não abandone a mentalidade de Cristo, e que são vários os empresários que fazem o bem e não se esquecem de partilhar os seus bens. Exortou, também, que há muitos pobres que não vivem a mentalidade de Cristo, comportando-se e pensando como "ricos em espírito". “É preciso ter o coração aberto ao amor de Deus e deixar que Deus conduza a vida”, explicou. Deus é a única riqueza de cada homem.

Informações e fotos: RCC Anápolis



www.diocesedeanapolis.org.br

BISPO

Dom João Wilk, OFMConv

 
Fone: (62) 3329-3400 Cel.: 8116-9093      
E-mail: curia@diocesedeanapolis.org.br 

Res. Rua Bernardo Sayão, Qd. I-01 – Vila Nossa Senhora da Abadia
75120-675 – Anápolis – GO; Caixa Postal 178/75001-970


MUNICÍPIOS: Abadiânia, Alexânia, Anápolis, Cocalzinho, de Goiás, Corumbá de Goiás, Damolândia, Goianápolis, Jaraguá, Jesúpolis, Nerópolis, Nova Veneza, Ouro Verde de Goiás, Petrolina de Goiás, Pirenópolis, Santa Rosa de Goiás, São Francisco de Goiás, Terezópolis de Goiás, Vila Propício.

© 2018 CNBB Centro-Oeste - Todos os direitos reservados

Rua 93, nº 139, Setor Sul, CEP 74.083-120 - Goiânia - GO - 62 3223-1854