Terça, 08 Maio 2018 17:22

Abertura de Mestrado em Direito Canônico teve a presença do Cardeal Dom Orani João Tempesta

A manhã do dia 2 de maio foi uma data histórica para a Igreja Católica no Regio­nal Centro-Oeste da CNBB (Goiás e Distrito Federal). É que o so­nho dos bispos desta porção do povo de Deus se concretizou com a aber­tura solene do Curso de Mestrado em Direito Canônico oferecido pelo Instituto Superior de Direito Canôni­co de Goiânia, que pertence à Asso­ciação Dom Antônio Ribeiro de Oli­veira. A formação é uma extensão do curso oferecido pelo Pontifício Ins­tituto Superior de Direito Canônico do Rio de Janeiro, braço da Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma no Brasil.

A primeira turma começou suas aulas no dia 30 de abril e concluiu o primeiro módulo no dia 4 de maio. A abertura do curso teve a honra de ter a presença de Vossa Eminência, o arcebispo do Rio de Janeiro, Carde­al Dom Orani João Tempesta, que também é chanceler do Pontifício Instituto de Direito Canônico do Rio de Janeiro. A oferta do curso é uma resposta da Igreja no Centro-Oeste à Carta Apostólica em forma de Motu Proprio, Mitis Iudex Dominus Iesus (O Senhor Jesus, Juiz Clemente), do papa Francisco, Sobre a reforma do pro­cesso canônico para as causas de decla­ração de nulidade do matrimônio no Có­digo de Direito Canônico. Na prática, o Santo Padre fez um esforço, por meio dessa carta, de motivar as dioceses a dar celeridade aos processos e as­sim amenizar o sofrimento de tantas pessoas que aguardam a resolução de sua situação matrimonial, embora ele tenha deixado completamente a salvo o princípio da indissolubilida­de do vínculo matrimonial.

Dom Orani, ao falar sobre o curso, disse que estendê-lo a Goiânia é uma alegria porque responde ao cuidado do papa com a misericórdia de Deus na vida das pessoas. À primeira tur­ma, que começa com 34 alunos, o cardeal desejou êxito nos estudos e perseverança para que concluam o Mestrado. O purpurado citou ainda textos de São João Paulo II e de Bento XVI, trazendo uma reflexão bastante pertinente e esclarecedora sobre os objetivos do estudo do Direito Canô­nico. “São João Paulo afirma, quanto ao Direito Canônico, que o objetivo do Código não é de forma alguma substituir a lida da Igreja, ou dos fiéis, a fé, a graça, os carismas, nem muito menos a caridade, pelo contrário, sua fidelidade antes é uma ordem que dá primazia ao amor, à graça, e aos carismas, e facilite, ao mesmo tempo, o desenvolvimento orgânico da vida, seja da sociedade eclesial e de cada um dos seus membros”, disse.

O arcebispo do Rio citou ainda um texto de sua autoria, do ano de 2016, proferido na abertura do 3º Simpósio Internacional de Direito Canônico, em que ele explica a mis­são dos canonistas. “Aqueles que re­cebem da Igreja a responsabilidade do Direito Canônico são chamados a ser testemunhas infatigáveis da justiça superior no mundo, caracte­rizado pela injustiça e violência, pela corrupção e indiferentismo a tantos valores fundamentais à vida humana e tornam-se preciosos colaboradores na atividade pastoral da misericór­dia eclesial na missão de evangelizar e santificar”.

Para Salvação das Almas

O bispo auxiliar de Goiânia e diretor-presidente da Associação Dom Antônio Ribeiro de Olivei­ra, Dom Levi Bonatto, também comentou sobre os objetivos do curso instalado, logo após dar boas-vindas à primeira turma que se fez presente no ato solene de abertura. “Vocês, alunos deste curso, já se perguntaram sobre a finalidade do Direito Canônico? A resposta está no último Cânon do Código: ele está para salvação das almas e, por consequência, essa também é a missão das Câ­maras e Tribunais Eclesiásticos. Lembrem-se: por trás de um pro­cesso existem almas que precisam estar tranquilas e determinadas a seguir adiante em suas vidas”. O arcebispo de Goiânia, Dom Wa­shington Cruz, por sua vez, tam­bém falou da alegria da Arquidio­cese em sediar uma formação tão importante para a Igreja. “Essa é uma iniciativa que não pode ter­minar nunca. Temos que formar pessoas para trabalhar nos tribu­nais eclesiásticos e para isso preci­samos nos esforçar nesse sentido. Quem sabe futuramente teremos o Doutorado”.

O arcebispo do Rio citou ainda um texto de sua autoria, do ano de 2016, proferido na abertura do 3º Simpósio Internacional de Direito Canônico, em que ele explica a mis­são dos canonistas. “Aqueles que re­cebem da Igreja a responsabilidade do Direito Canônico são chamados a ser testemunhas infatigáveis da justiça superior no mundo, caracte­rizado pela injustiça e violência, pela corrupção e indiferentismo a tantos valores fundamentais à vida humana e tornam-se preciosos colaboradores na atividade pastoral da misericór­dia eclesial na missão de evangelizar e santificar”.

Titulação

O bispo auxiliar de Goiânia e diretor-presidente da Associação Dom Antônio Ribeiro de Olivei­ra, Dom Levi Bonatto, também comentou sobre os objetivos do curso instalado, logo após dar boas-vindas à primeira turma que se fez presente no ato solene de abertura. “Vocês, alunos deste curso, já se perguntaram sobre a finalidade do Direito Canônico? A resposta está no último Cânon do Código: ele está para salvação das almas e, por consequência, essa também é a missão das Câ­maras e Tribunais Eclesiásticos. Lembrem-se: por trás de um pro­cesso existem almas que precisam estar tranquilas e determinadas a seguir adiante em suas vidas”. O arcebispo de Goiânia, Dom Wa­shington Cruz, por sua vez, tam­bém falou da alegria da Arquidio­cese em sediar uma formação tão importante para a Igreja. “Essa é uma iniciativa que não pode ter­minar nunca. Temos que formar pessoas para trabalhar nos tribu­nais eclesiásticos e para isso preci­samos nos esforçar nesse sentido. Quem sabe futuramente teremos o Doutorado”.

Fúlvio Costa. Fotos: Rudger Remígio



www.arquidiocesedegoiania.org.br 

ARCEBISPO

Dom Washington Cruz

(62) 3223-0759
curia@arquidiocesedegoiania.org.br 

Praça Dom Emanuel, s/nº - Centro, CEP. 74.013-020 Goiânia-GO Cx.Postal 174/74001-970

BISPOS AUXILIARES
Dom Levi Bonatto

Dom Moacir Arantes

 
MUNICÍPIOS: Abadia de Goiás, Aparecida de Goiânia, Araçu, Aragoiânia, Bela Vista de Goiás, Bonfinópolis, Brazabrantes, Caldazinha, Campestre de Goiás, Caturaí, Cristianópolis, Goiânia, Goianira, Guapó, Hidrolândia, Inhumas, ltauçu, Leopoldo de Bulhões, Santa Bárbara de Goiás, Santo Antônio de Goiás, São Miguel do Passa Quatro, Senador Canedo, Silvânia, Trindade, Varjão, Vianópolis.

 

 

© 2018 CNBB Centro-Oeste - Todos os direitos reservados

Rua 93, nº 139, Setor Sul, CEP 74.083-120 - Goiânia - GO - 62 3223-1854